Blog

Saiba qual a joia mais desejada pelas mulheres

O diamante é uma das gemas mais lindas e especiais. Além de ser uma das pedras preciosas mais valiosas do mundo, ele também é puro e altamente resistente ao risco. A joia mais desejada pelas mulheres é adornada por essa gema espetacular! O solitário de diamante! Feitos em ouro com uma gema de diamante no meio.

História do Anel Solitário

Acredita-se que a tradição de se presentear com o anel solitário começou em 1477, com o arquiduque Maximiliano, da Áustria. O anel solitário surgiu no seculo XV, dado pelo arquiduque Maximiliano a sua amada, Maria de Borgonha. O arquiduque mandou os joalheiros procurarem o diamante mais puro que pudessem encontrar, independente do sue tamanho, mas que fosse feito um anel simples, sem desenhos, apenas com o diamante cravado. Presenteou então sua noiva Maria de Borgonha, no dia de seu noivado, colocando o solitário no dedo de sua noiva, afirmando que o amor deles seria único, puro e eterno. Desde então, toda mulher sonha em ter um na sua caixa de joias.

Simbolismo do Solitário de diamantes:

  • Único, pois cada diamante é único. É como uma impressão de digital, nunca haverá dois idênticos.
  • Puro, pela sua transparência.
  • Eterno, como é o diamante.
  • O solitário expressa então a celebração do amor e do compromisso com este sentimento.
  • Até hoje, para milhões de pessoas em todo o mundo, presentear com um diamante, num simples solitário, é dizer com a magia e beleza dessa pedra, o que o coração sente, mas de palavras não conseguem expressar!

Ele é símbolo de requinte e o presente ideal em ocasiões como: 

  • Aniversário de namoro
  • Noivados
  • Casamentos
  • Formatura
  • Aniversários de 15 anos.

Nosso solitário de diamante está só esperando por você. Passe na Pérola Joias mais perto de você e tenha uma estrela em suas mãos. Nossos diamantes são cuidadosamente selecionados.

#PérolaJoias #Desde1967.

 

IMG_4108

Dicas para combinar Joias e Acessórios

As joias dão elegantes toques ao visual, seja no dia a dia para combinações casuais ou em ocasiões formais. Elas são o elemento de sofisticação de qualquer look simples e básico. Mas é preciso ter cuidado com as combinações para que todo o look fique harmonioso e prestar atenção para não causar o efeito contrário e ficar deselegante.

Algumas dicas são preciosas na hora de escolher as peças e não errar. Veja 4 delas e saiba como combinar suas joias com as roupas e acessórios! Confira:

Cor

Uma boa dica para combinar é usar uma joia que tenha uma das cores presente na estampa da sua roupa. Se a roupa e demais acessórios forem em tons neutros, abuse do colorido nas joias e deixe-as como destaque. Se o sapato for colorido, você pode escolher joias da mesma cor.

Você pode também criar contrastes entre as cores fortes. Para algo mais discreto, combine cores similares, como amarelo com laranja, rosa com vermelho. E para um contraste mais ousado e chamativo, combine cores diferentes ou complementares, como azul com laranja, verde com rosa, amarelo com roxo.

Ocasião

Para uma ocasião mais formal, as pedras preciosas são ideais — vale combinar até com a cor do sapato, como no caso de uma esmeralda. Evite muitas joias juntas e se optar por uma peça chamativa, como um brinco, por exemplo, evite usar colares ou use apenas um bem discreto. Já no dia a dia não combina usar pedras preciosas, como diamantes, o ideal é deixá-los para momentos mais formais. Um ambiente descontraído e um evento casual combinam com um visual mais moderno, com várias pulseiras ou então um maxi colar colorido.

Colares com blusas

Talvez as duas peças com maior dificuldade em combinar sejam as blusas com os colares, pois acabam tomando o mesmo espaço. Por isso deve haver um cuidado na hora da escolha do look. Um colar grande e chamativo funciona melhor com uma blusa básica e neutra. Já os colares discretos podem ser usados com blusas estampadas e com detalhes nas golas. Colares compridos ajudam a alongar a silhueta e valorizar o busto se usados com um decote V.

Prata com dourado

Sim, pode. Já se foi o tempo em que era deselegante misturar os dois tons, mas existem algumas dicas para a combinação ficar harmoniosa. Use pulseiras prateadas e douradas em um mesmo braço, assim dará a ideia de que a combinação foi proposital, diferente de um colar dourado e um brinco prateado. Anéis também podem ser combinados com relógios e pulseiras no mesmo braço. Misturar os tons em colares também está valendo. Hoje é moda misturar texturas, cores e fazer um mix cheio de estilo e as joias podem — e devem — entrar nessa onda fashion.

Lembre-se sempre que menos é mais: exagerar na quantidade acaba causando o efeito contrário ao desejado e o visual fica deselegante, pesado e sem harmonia. Abuse do poder das joias com essas dicas e faça suas combinações sem erro.

 

Fonte: blog.mardejoias.com.br

COMO COMBINAR JOIAS E PEDRAS PRECIOSAS COM O O TOM DE PELE?

As mulheres já estão cansadas de saber que nem sempre um acessório que combina muito bem com outra pessoa terá o mesmo efeito em você. E por motivos óbvio! Isso acontece porque é preciso levar em conta muitos detalhes na hora de compor looks, escolher peças e combinar acessórios com o seu perfil. No caso das joias e pedras preciosas, além dos aspectos de tamanho, formato e estilo da peça, é importante também levar em conta o seu tom de pele para que a combinação seja perfeita e o seu visual ganhe o destaque que merece!

É importante ressaltar que quando falamos em tom de pele não temos apenas branca e a negra. A cor da pele humana é determinada pela quantidade do pigmento melanina, mas sofre alterações também de acordo com a exposição direta da pele à radiação ultravioleta. Por isso, vamos conferir um pouco mais sobre as tonalidades que existem e o como combinar joias com cada uma delas. Confira!

Pele clara

Pode apresentar um tom rosado por causa dos vasos sanguíneos que ficam mais visíveis sob a pele. Joias em ouro amarelo combinam muito para quem tem a pele branca e pedras nas cores verde-escuro, azul-violeta e azul-esverdeado, bem como joias com pedras como lápis-lazúli, topázio, esmeralda e água marinha certamente se destacarão bastante em contraste com esse tom de pele.

Pele amarelada

Geralmente, orientais ou descendentes de orientais têm esse tom de pele que puxa um pouco para o amarelado. As cores indicadas para joias são verde, laranja e vermelho. Essas cores podem ser encontradas em pedras preciosas como rubi, safira, citrino e jade.

Pele oliva

Esse tipo de pele tem uma aparência de bronzeada, mesclando um tom amarelado com um meio esverdeado (pode soar estranho pensar em tons de verde para pele, mas não é nada muito visível). Violeta, laranja e vermelho são cores que combinam muito bem para pessoas com essa tonalidade, então aposte na safira, ametista, rubi e coral, que trazem esses tons.

Pele morena

As mulheres de pele morena ficam muito bem com joias mais claras, pois terão melhor destaque. Para escolher as pedras preciosas, é bom optar pelas cores amarelo, branco, lilás e vermelho, que podem ser encontradas em rubis, ametistas, topázios e turmalinas.

Pele negra

Também segue a linha das joias mais claras, como prata e ouro branco, que combinam bastante com as peles mais escuras. Branco, laranja e vermelho são ótimas cores para pedras preciosas e entre elas temos a granada, o topázio imperial, o rubi e o âmbar.

Vale lembrar que essas regras das cores podem ajudar também na hora de escolher os tons certos para roupas e maquiagem. Um look completo levando em conta as melhores combinações certamente fará com que qualquer mulher sinta-se muito mais bonita e confiante.

 

Fonte: blog.mardejoias.com.br/

Pérolas, sempre elas.

Atemporais, as pérolas se eternizaram como símbolo de feminilidade e elegância graças a Coco Chanel, que propôs um jeito descontraído de utilizá-las aos montes e as transformou em ícone do seu estilo.

Seu design único pode ser combinado com as mais variadas produções, uma vez que a pérola pode ser encontrada em diferentes tamanhos e cores.

Todo cuidado é pouco

Para conservá-las, a dica é envolver as peças em um tecido e armazená-las separadamente de outras peças para prevenir arranhões. Manter distância de produtos químicos como cosméticos e perfumes evitam a perda do brilho e, ainda, nada de molhar as pérolas na água do mar em busca de revitalização da peça. Como as pérolas são furadas para a confecção da joia, impurezas da água podem entrar e danificá-las.

Para a limpeza, utilizar apenas um pano úmido.

fonte: www.infojoia.com.br

 

Por que usamos aliança e anel de noivado no dedo anular ?

Existem algumas lendas, que tentam explicar o motivo, segue abaixo os dois mais aceitos pela história:

A Lenda da Vena Amoris

Vena Amoris significa a Veia do Amor. Antes do mapeamento do sistema circulatório pela medicina, acreditava-se que existia uma veia que ligava o dedo anular da mão esquerda diretamente ao coração: a Vena Amoris.  Assim, como símbolo um de amor, o dedo anular monopolizou a representação do matrimônio e da união entre casais.
O primeiro registro do termo Vena Amoris aconteceu em 1686, pelo advogado Henry Swinburne, em um tratado sobre contratos matrimoniais. Até meados daquela época, pessoas tinham o costume de usar alianças em outros dedos, como o polegar e o dedo médio, por exemplo.

O costume parece ter se estabelecido na cultura ocidental no século XVII e não se sabe ao certo qual a influência que Vena Amoris teve nessa história toda. Na verdade, tudo é uma grande mistura de lendas, falta de documentação e até um esforço da indústria joalheira de capitalizar em cima de mitos.

Embora as características da Vena Amoris sejam um fato, atualmente, sabemos que todos os dedos da mão possuem veias que os ligam diretamente ao coração.

 

A Bela Lenda Chinesa

O chineses possuem uma bela e convincente explicação para a tradição. Para eles, cada dedo representa um membro da família: os polegares representam os seus pais; o segundo dedo, ou indicador, representa seus irmãos; o dedo médio representa você mesmo; o anular representa o seu companheiro ou companheira; e o dedo mínimo representa seus filhos.

Agora, posicione suas mãos palma com palma e una os dedos pelas pontas, exceto pelos dedos médios, que deverão ser dobrados, de forma que apontem para aquilo que representam, você mesmo. Nessa posição, tente separar os polegares.  Eles se abrirão com facilidade, pois os seus pais não estão destinados a viver com você pelo resto de sua vida.

Os indicadores também podem se abrir, pois seus irmãos construirão uma vida separa de você. assim que formarem suas próprias famílias. Os dedos mínimos, que representam seus filhos, também se separam com facilidade, já que seus filhos irão crescer e se casar.

Finalmente, tente separar os dedos anulares, o dedo da aliança e do anel de noivado, que representam seu cônjuge. Você ficará surpreso, pois perceberá que você simplesmente não poderá separá-los, porque marido e mulher estão destinados a estar um ao lado do outro pelo resto de suas vidas.

Assim, usamos alianças e anéis de noivado no dedo anular, pois representam uma união duradoura e inquebrável.

VAI CASAR? VEJA 3 DICAS SENSACIONAIS PARA ESCOLHER O LOOK DA NOIVA.

O dia do casamento é ansiosamente esperado pela maioria das pessoas. Especialmente pelas mulheres, que geralmente sonham com esse momento desde as mais tenras idades, criando um misto de grandes expectativas e ansiedade.

Todas querem estar incrivelmente bonitas, pois será uma data que marcará a memória por muito tempo, além de ser uma ocasião em que a noiva é o centro das atenções de todos os convidados. Por conta disso, escolher o look certo é fundamental e muitas dúvidas podem surgir.

Vai casar? Quer ajuda para ter um pouco mais de segurança nesse dia tão especial? Leia o texto a seguir e confira dicas sensacionais para um visual perfeito para a hora do sim!

Vestido

O vestido de noiva é o acessório que mais tira o sono das mulheres no momento do casamento. Para cada corpo há uma opção que cai melhor.

Quem tem a cintura fina, por exemplo, não precisa ter grandes preocupações. Qualquer corte valoriza as curvas e traz grande visibilidade.

Já quem tem menos curvas e um corpo mais retangular, abra os olhos: um vestido acinturado pode fazer maravilhas e dar o visual que você buscava. Para as que possuem quadril avantajado, a intenção é desviar os olhares dessa região. Portanto, um decote mais ousado ou um tomara que caia podem ser as melhores alternativas. Finalmente, para aquelas que possuem ombros e colo maiores que o quadril, a dica é partir para modelos que destaquem a parte inferior, como a saia em camadas e o corpete.

Buquê

O buquê é um acessório charmoso e especial, que deve combinar com o gosto e também com o vestido da noiva. As flores e as suas cores devem contribuir para um ar harmonioso e bonito na cerimônia.

Os formatos mais comuns são a braçada, a cascata e o redondo, mas algumas mulheres preferem se casar com apenas um ramo de arruda ou um botão de rosas. Para mulheres mais baixas, por exemplo, fugir do modelo cascata é uma boa idéia, pois ele achata o visual.

Para vestidos mais discretos, o buquê pode ser mais ousado e colorido, enquanto vestidos bordados ou brilhantes pedem um buquê mais discreto e contido. O modelo braçada vai bem com o tomara que caia e o frente única, enquanto o cascata combina melhor com decotes de gola em v. O redondo, favorito das brasileiras, cai bem com manga comprida, ombro a ombro e são o par perfeito de decotes arredondados, devendo ser evitados apenas por mulheres acima do peso.

Joias

As joias fazem parte do visual das noivas e são elementos que ajudam a demonstrar a nobreza e a pureza do casamento. Antigamente, a ideia era que as jóias fossem mais discretas, para não roubar o protagonismo do vestido.

Mas o fato é que hoje, elas fazem parte de um casamento estiloso e com personalidade. Usar as joias a seu favor pode valorizar muito a sua imagem.

Muitas mulheres, por exemplo, amam as tiaras e elas realmente são um grande chamativo. São lindas e dão um ar de “princesa” às noivas, especialmente se forem de bom gosto.

Braceletes com brilhantes ajudam a criar o visual da noiva moderna e urbana. Colares e brincos também são indispensáveis e acabam por completar o look perfeito de um dia que promete ser inesquecível! Essas são as melhores dicas para você criar um look de noiva perfeito.

 

FONTE: blog.mardejoias.com.br/

Você sabe a diferença entre ouro 18K e 24K ?

 

http://www.aperolajoias.com.br/wp-admin/post.php?post=3179&action=edit#post_name

 

Você sabe distinguir se a joia que ganhou de presente é de ouro 18k ou  24k? Muitas pessoas confundem estas denominações, e por conta disso, resolvemos fazer um post especial para explicar as peculiaridades para vocês.

O ouro puro é um material muito maleável. Para definir sua quantidade em uma liga, surgiu a expressão “quilates”, que é representado pela letra K. Se você tiver um anel 100% de ouro( 24K) e cumprimentar alguém, num aperto de mão, o anel vai entortar, ficando ovalado.

Claro que ninguém quer uma joia assim, tão delicada que parece feita de massinha de modelar. Então, o ouro é misturado a outros elementos, como o cobre, o zinco, a prata ou o paládio, formando uma liga metálica.

Para que as suas joias ganhem resistência necessária para serem usadas por muito tempo, é recomendado utilizar somente o tipo de ouro 18k – presente em nossa joalheira – pois ele tem em média 75% ouro para 25% de liga metálica, deixando-o menos maleável.

Tem pessoas que acreditam que o ouro 24k é mais valioso e que pode ser usado em joias. Isso, na verdade não existe. O ouro 24k é muito frágil. Geralmente seu quilate serve para ser acondicionado (conhecido como o ouro em barras).

Em alguns países existe uma variação sobre a comercialização de joias em ouro. Por exemplo, no Canadá e nos Estados Unidos o ouro 14K é o mais comercializado; no Oriente Médio o ouro 22K; França e Japão estão hoje entre os países que usam ouro com menor quilate na produção de joias.

Outra curiosidade sobre nomenclatura, é que na Europa, costuma-se chamar ouro 750, o que na verdade é a mesma coisa de chamar 18k, pois os 750 refere-se a mesma proporção.

 

 

Limpeza de Joias

 

As joias em ouro e em prata são feitas a partir de uma liga de diversos metais e, com o passar do tempo, essa liga tende a se oxidar. Como consequência, a cor e o brilho das joias são alterados e, para restaurar as suas características originais, recomenda-se limpar essa liga das joias.

Existem alguns cuidados que ajudam a conservar sua peça.

  • Nunca use acetona, pasta de dente, cremes ou álcool para limpar suas joias. Isso danifica e suja pedras e metais.
  • Creme para mãos, hidratante, desodorante e perfume devem ser usados dez minutos antes das joias para evitar possíveis reações químicas.
  • Sempre tire as joias, principalmente os brincos, antes de aplicar tintura para cabelo.
  • Se você gosta de curtir um sol, seja na praia ou na piscina, o cuidado com os seus acessórios merece uma atenção ainda maior. Bronzeadores, cloro e maresia podem ser os principais causadores da oxidação das peças. E evite o uso de protetor solar sobre as peças.
  • Não lave as mãos ou tome banho usando joias, pois o sabonete deixa uma fina película sobre a superfície das pedras, dando-lhes aparência de opaca.
  • Para limpar suas joias, leve-as a uma joalheria de sua confiança. Não utilize receitas caseiras.·.
  • A prática de esportes e algumas tarefas domésticas podem danificar suas joias. Retire-as antes de praticá-las.
  • Para conservar suas joias e evitar o processo de oxidação, é ideal que sejam armazenadas cuidadosamente em porta-joias. Eles são perfeitos para manter suas joias limpas e você pode encontrar vários modelos em todas as nossas lojas.

As limpezas mais simples você pode fazer em casa:

Correntes de prata: Para recuperar o brilho original dessas peças, é só mergulhá-las numa solução de água com bicarbonato de sódio, depois em água pura. Por fim, seque com uma flanela macia.

Diamantes: Eles absorvem gordura muito facilmente, por isso é importante limpar os que são usados diariamente uma vez por semana com uma flanela úmida, sem nenhum produto químico. E por serem frágeis, devem ser armazenados separadamente de outras joias em tecidos ou sacos macios.

Joias de ouro: É comum que essas peças fiquem com marcas de uso depois de um tempo. Para diminuir esses efeitos naturais, é recomendado limpá-las apenas com uma flanela macia e seca no dia a dia.

Mas se não quiser fazer em casa, o Golden Service da Pérola faz pra você. Não só limpezas simples, como também as mais complexas, ajustes, recuperações e muitos outros serviços para trazer de volta o brilho e a beleza das suas joias.

 

 

Como escolher aparadores de aliança?


Aparadores de aliança são anéis fininhos, delicados que compõem uma misturinha linda dando mais brilho e destaque a sua aliança. O aparador pode ser utilizado apenas como um acessório, com o intuito de deixar a aliança ainda mais bonita ou também com a função de “prender” a aliança, caso ela esteja um pouquinho folgada.

Existem inúmeros modelos, estilos, gostos e preços. O ideal é escolher uma que combine com sua personalidade, de ouro branco, amarelo, rose, com ou sem brilhantes. A grande aposta para as próximas estações é que, além de segurar as alianças, essas peças ganhem papel de destaque na composição do visual para diferentes ocasiões.

     JOU_3985aparador

Algumas vezes, a joia escolhida para aparador é um anel de família, que passa de avó para mãe, que passa para filha. Em outras, o solitário ganha um novo significado e fica junto à aliança de casamento.  Em ambos os casos, por ser uma joia, o aparador sempre carrega um significado muito especial.

 Em algumas ocasiões são presentes dados pelos maridos após alguns anos de casamento e, por isso, são ótima opção para comemorações de bodas.

Há mulheres que preferem usar as alianças e os aparadores no mesmo tom, porém a tonalidade contrária se destaca e valoriza também a aliança

 Para alianças mais largas opte por aparadores fininhos e com zircônias  pequenas e delicadas. O legal é que você pode apostar nesta ideia e usar uma antes e uma depois da aliança.

15099598_578513435691045_1982187738509606912_n

Para alianças mais finas e delicadas abuse dos pontos de luz, mas eles devem ficar sempre antes da aliança nas mãos, para não esconder ou descaracterizar a aliança que é o centro das atenções.

 

Outra opção bacana é misturar ouro amarelo com prata ou ródio mas sempre com anéis fininhos e delicados. Misturar cores e materiais é permitido e garante uma combinação moderna e charmosa.

15034585_307067923020069_4207280522130358272_naparador_pedra_banca

O mais importante é que ele seja harmonioso com sua aliança.

Se sinta confortável e abuse dos anéis, mas sempre dentro do seu estilo. Ouse! Misture banhos e texturas, o resultado ficara surpreendente. E não esqueça de mostrar pra gente nas redes sociais.